Florence Nightingale etapas de uma vida

200 anos de Florence Nighingale
e Ano Internacional do Enfermeiro
No Ano Internacional do Enfermeiro e 200º aniversário do nascimento de Florence Nightingale, concebeu uma exposição sobre a percursora da Enfermagem Moderna.

Gabinete de História e Memórias, em colaboração com o Grupo de Ilustração em Saúde da Escola Superior de Enfermagem do Porto, conceberam uma exposição, que está patente no átrio do 2.º piso da ESEP-Sede, sobre a precursora da Enfermagem Moderna, Florence Nightingale.
Esta exposição apresenta momentos marcantes da vida da Dama da Lanterna, desde o seu primeiro emprego oficial como “Lady Superintendent” no Instituto para mulheres carentes doentes em Londres, passando pela sua enorme colaboração aquando da Guerra da Crimeia onde supervisionou a introdução de enfermeiros em contexto de guerra e onde, o seu trabalho de reestruturação na distribuição da água e sistema de drenagem, bem como o plano de melhoria do serviço de cozinha, alimentação e higiene permitiu a diminuição da taxa de mortalidade de 42,7% para 2,2%. 
Nesta exibição é ainda possível encontrar informação sobre o papel que Nightingale teve na criação da primeira Escola Profissional de Enfermagem em todo o mundo, lançando as bases para o ensino laico da profissão.

“Seremos uma ponte entre os cuidados diferenciados e as pessoas, seja ele nos hospitais, centros de saúde, no domicílio ou na rua”
“O controlo do vírus está nas tuas mãos”
“A enfermagem é arte, é emoção, solidariedade e nobreza do caráter.”
“Enquanto existir vida, existirá enfermagem”
“Viver significa lutar” - Séneca
“Do início da vida, para a vida”
“Enfermagem é uma arte... É uma das artes poder-se-ia dizer, a mais bela das artes” - Florence Nightingale
“Parte da nossa vida destina-se a salvar vidas”
“Enquanto os elogios rasgam fronteiras, os Enfermeiros em Portugal só querem ser tratados com dignidade e respeito.” - Ana Rita Cavaco
“A arte do cuidar”
“De 1860 à atualidade”

Apoio

Outros Eventos

Dia Internacional do Enfermeiro

Para o Ano Internacional do Enfermeiro os estudantes do Grupo de Ilustração em Saúde da ESEP apresentam em conjunto com o Gabinete de História e Memórias